Pose de ângulo fechado

(BAH-dah cone-AHS-anna)

baddha = ligado

kona = ângulo

Postura do ângulo limitado: instruções passo a passo

Passo a passo

Passo 1

Sente-se com as pernas esticadas à sua frente, levantando a pélvis sobre um cobertor se os quadris ou virilhas estiverem tensos. Expire, dobre os joelhos, puxe os calcanhares em direção à pélvis, depois deixe os joelhos caírem para os lados e pressione as solas dos pés uma contra a outra.

Passo 2

Aproxime os calcanhares da pélvis o máximo possível. Com o primeiro e o segundo dedo e o polegar, segure o dedão de cada pé. Sempre mantenha as bordas externas dos pés firmemente no chão. Se não for possível segurar os dedos dos pés, coloque cada mão ao redor do tornozelo ou da canela do mesmo lado.

etapa 3

Sente-se de forma que o púbis na frente e o cóccix atrás fiquem equidistantes do chão. O períneo ficará aproximadamente paralelo ao chão e a pelve em uma posição neutra. Firme o sacro e as omoplatas contra as costas e alongue a parte anterior do tronco até a parte superior do esterno.

Passo 4

Nunca force seus joelhos para baixo. Em vez disso, solte as cabeças dos ossos da coxa em direção ao chão. Quando essa ação leva, os joelhos o seguem.

Veja também mais abridores de quadril

Etapa 5

Fique nessa posição de 1 a 5 minutos. Em seguida, inspire, levante os joelhos do chão e estenda as pernas de volta à posição original.

VOLTAR AO AZ POSE FINDER

Informações de pose

Nome Sânscrito

Baddha Konasana

Pose Level

1

Contra-indicações e cuidados

  • Lesão na virilha ou joelho: apenas execute esta postura com apoio de cobertor sob a parte externa das coxas.

Veja também  Uma prática doméstica para quadris abertos e felizes

Modificações e adereços

Para entender a liberação das cabeças dos ossos da coxa, dobre dois cobertores e coloque um embaixo de cada parte externa da coxa, apoiando as coxas cerca de uma polegada acima de seu alongamento máximo. Em seguida, coloque um saco de areia de 4,5 kg em cada virilha interna, paralelo à dobra entre a coxa e a pélvis. Solte as cabeças das coxas do peso e deixe-as afundar nos cobertores. Não use as bolsas a menos que as coxas estejam apoiadas.

Aprofunde a pose

Imagine que você tem dois parceiros, cada um pressionando para dentro (em direção à pelve) em um joelho. Do meio do sacro, empurre a parte externa das coxas contra essa resistência imaginária. Em seguida, empurre os calcanhares firmemente juntos a partir dos joelhos.

Poses preparatórias

  • Supta Padangusthasana
  • Virasana
  • Vrksasana

Poses de acompanhamento

Posturas em pé e a maioria das curvas sentadas e flexões para frente.

Veja também Tire férias com a postura do ângulo fechado

Dica para iniciantes

Pode ser difícil abaixar os joelhos em direção ao chão. Se seus joelhos forem muito altos e suas costas arredondadas, certifique-se de sentar em um suporte alto, mesmo a uma altura de 30 centímetros do chão.

Benefícios

  • Estimula órgãos abdominais, ovários e próstata, bexiga e rins
  • Estimula o coração e melhora a circulação geral
  • Estica a parte interna das coxas, virilhas e joelhos
  • Ajuda a aliviar a depressão leve, ansiedade e fadiga
  • Acalma desconforto menstrual e ciática
  • Ajuda a aliviar os sintomas da menopausa
  • Terapêutico para pés chatos, hipertensão, infertilidade e asma
  • Diz-se que a prática consistente dessa postura até o final da gravidez ajuda a facilitar o parto.
  • Os textos tradicionais dizem que o Baddha Konasana destrói as doenças e elimina a fadiga.

Veja também Cinco Poses de Impulso da Felicidade

Parceria

Um parceiro pode ajudá-lo a aprender como trabalhar a parte interna das coxas nesta postura. Execute Baddha Konasana. Passe uma alça sobre cada virilha, com as pontas livres das alças afastando-se de seu tronco. Faça com que seu parceiro se sente atrás de você e puxe as tiras (perpendiculares à linha das coxas). Seu parceiro também pode pressionar levemente um pé contra a parte de trás da pélvis ao mesmo tempo. Incline-se ligeiramente para a frente, liberando as cabeças dos ossos da coxa das correias.

Variações

Expire e incline o tronco para a frente, entre os joelhos. Lembre-se de avançar a partir das articulações do quadril, não da cintura. Dobre os cotovelos e empurre-os contra a parte interna das coxas ou panturrilhas (mas nunca sobre os joelhos). Se sua cabeça não repousa confortavelmente no chão, apóie-a em um bloco ou na borda frontal do assento de uma cadeira.

Veja também Mais Poses de Flexão para Frente

Recomendado

Goddess Yoga Project: Derrote o medo com sopro de espada
Novo estudo mostra que mais poses de ioga são seguras durante a gravidez
Os cinco elementos do tibetano Lu Jong e sua prática de ioga