Caminhada Yoga: 4 Poses para a aventura em trilha perfeita

Misture uma sessão de caminhada em trilhas com uma sessão de ioga ao ar livre para levar sua prática aonde ela nunca foi antes.

É verão e uma caminhada sob o sol atrai, mas também a aula de ioga que começa em 15 minutos. Felizmente, as oportunidades de misturar uma sessão revigorante de caminhada em trilhas com a prática de asana sem tapete estão por toda parte hoje em dia.

Veja também  Ioga para caminhantes: 4 posturas para experimentar na trilha

Não é nenhuma surpresa que essa prática tenha se tornado uma tendência, diz Eric Kipp, que começou a praticar o Hiking Yoga há quatro anos com excursões de 90 minutos de ioga mais caminhadas na área da baía de São Francisco. “Existem muitos caminhantes que são rígidos como a corda de um piano e muitos praticantes de ioga que estão realmente fora da forma aeróbica”, diz ele. A ioga ajuda os caminhantes regulares a se tornarem mais flexíveis, conscientes e alinhados quando caminham. E a caminhada oferece maior capacidade pulmonar e preparo físico geral para iogues que tendem a praticar menos o tapete aeróbico. Além do mais, é uma forma de multitarefa holística que permite saborear a natureza enquanto aprofunda sua prática de ioga.

Veja também  4 Poses de Ioga para Caminhantes

Praticar ioga em um gramado desconhecido (literalmente) traz outros benefícios. Na visão de Kipp, a falta de familiaridade torna a experiência rica. Na vida, diz ele, "você não pode controlar tudo em seu ambiente." Aprender a manter o foco o suficiente para praticar ioga fora do estúdio em meio a distrações como barulho e clima, acrescenta ele, é um bom treinamento para ficar atento e flexível fora do tatame.

Visite hikingyoga.com para obter informações sobre caminhadas de ioga em 14 cidades dos EUA.

4 poses de ioga de caminhada para experimentar na trilha

Faça uma pausa em pontos panorâmicos para alongar os músculos e expandir os pulmões para o resto da viagem.

1. Uttanasana (Curva para a frente em pé)

Benefícios de ficar curvado para a frente

Acalma o cérebro e alivia o estresse e a depressão leve, estimula o fígado e os rins, alonga os tendões da coxa, panturrilhas e quadris; Fortalece as coxas e os joelhos, melhora a digestão, reduz o cansaço e a ansiedade, alivia a dor de cabeça e a insônia. Essa postura é terapêutica para asma, pressão alta, osteoporose e sinusite.

Dica para iniciantes

Para aumentar o alongamento na parte de trás das pernas, dobre ligeiramente os joelhos. Imagine que o sacro está afundando mais profundamente na parte posterior da pelve e aproxime o cóccix do púbis. Então, contra essa resistência, empurre a parte superior das coxas para trás e os calcanhares para baixo e endireite os joelhos novamente. Tenha cuidado para não endireitar os joelhos travando-os para trás (você pode pressionar as mãos contra a parte de trás de cada joelho para fornecer alguma resistência); em vez disso, deixe-os endireitar à medida que as duas extremidades de cada perna se afastam.

2. Parivrtta Parsvakonasana (postura do ângulo lateral girado)

Benefícios da postura do ângulo lateral revolvido

Essa postura fortalece as pernas, joelhos e tornozelos e proporciona um alongamento de corpo inteiro: virilhas, coluna, tórax, pulmões e ombros. Além disso, melhora o equilíbrio para aquelas caminhadas mais técnicas e aumenta sua resistência geral.

Dica para iniciantes

Os iniciantes costumam ter dificuldade em manter o equilíbrio nessa postura, especialmente com o calcanhar levantado do chão. Para melhorar o equilíbrio, apoie o calcanhar em um saco de areia ou livro grosso, ou apoie-o na parede.

3. Utthita trikonasana (postura do triângulo estendido)

Benefícios da postura do triângulo estendido

Alongue e fortaleça as coxas, joelhos, tornozelos, quadris, virilhas, isquiotibiais, panturrilhas, ombros, tórax e coluna vertebral.

Estimula os órgãos abdominais, alivia o stress, melhora a digestão e alivia as dores nas costas.

Dica para iniciantes

Apoie o calcanhar ou a parte de trás do torso contra a parede se você se sentir instável na postura.

4. Prasarita padottanasana (curvatura para frente em pé de pernas largas)

Benefícios da curvatura para frente ereta de pernas largas

Fortalecer e alongar a parte interna e posterior das pernas e a coluna, tonificar os órgãos abdominais, acalmar o cérebro e aliviar dores nas costas leves.

Dica para iniciantes

A maioria dos alunos iniciantes não consegue encostar facilmente o topo da cabeça no chão no último estágio dessa flexão para frente. Em vez disso, você pode apoiar a cabeça em um bloco acolchoado, um cobertor bem dobrado ou um travesseiro.

Recomendado

Oh garoto! 5 razões pelas quais os homens devem fazer ioga
Definição de intenções e metas
Uma meditação matinal com Deepak Chopra